terça-feira, 29 de junho de 2010

Pequenina



Esses dias

Eu me descobri Papoula.

Sinto como se ela tivesse uma estética bem próxima da minha:

Uma flor simples que nem sabia que era formosa.

3 comentários:

Mirela Aniceto. disse...

Adoro seu jeito, humilde,confiante,pensante,doida, descontraída, extravagante (por isso que é minha amiga íntima,rs) Enfim, me perdiria aqui falando de vc.
Ah, Steres o teu nome com a sua essência percorre hoje por ruas que vc nem sabe, digo isso hoje, mas amanhã sei que os horizontes se alargarão, onde a tão simples flor, perderá a dimensão do quanto é a sua fama. Te amo, preta.

ωαℓ ♫ disse...

Ah ingênua Fulô...
so ela que num havia percebido
que ao seu redor haviam Beija-fulores;
daqueles danadinhos, que de fulô em fulô
por aquela Papoula boba se encantou...

^^)

Thalita disse...

grandiosa em seus pensamentos, pequena e preciosa aos olhos do pai, simples no modo de ver a vida,composta em seus predicados de ser gente como a gente e delicada em seus sentimentos, minuciosa nos detalhes das verdadeiras amizades as vezes pela as avessas mas determinda naquilo q transpassa...
.....AMU TU FLOR....

Postar um comentário