domingo, 6 de junho de 2010

menino de destinos incertos


Agora que você ta na estrada, muda e re-muda esse mundo. Deixa nas ruas, nas esquinas, nos bares e avenidas a tua ousadia. Sem muitos dramas, menino de destinos incertos, só precisas saber que pretendes, aqui, pisar novamente. O restante deixa que Deus ensina! É entre uma reza e outra que a gente sabe de onde surge tanta força. E pode acontecer o que for, pode o tempo desandar em medidas inesperadas e não condizer com o ‘da carta’, que terei sempre na memória teu coração puro de olhos de quem (um dia) se encantou pelo sorriso alheio.

By Steres

2 comentários:

Steres disse...

[ωɐℓ Ѽ] diz:
eu ja o conheço
xD
pode dizer pra ele da proxima vez
que de tanto ouvir falar
virei fã do zé
=D

ωαℓ ♫ disse...

êê!!!
Fã do Zé²
:P
o besta!
kkkkkkk

Postar um comentário