quinta-feira, 4 de março de 2010

Dois lados


Sou como uma moeda.

Sou duas faces de uma mesma moeda.

Falsidade?! Eu?! Não.

Pois ela é o meu oposto.

O que possuo em mim:

É amor e ódio.

A face revelada só dependerá do jogador.



Um comentário:

Pablo Barbosa disse...

PersonalidadeOscilante.blogspot.com

Postar um comentário